22 de janeiro de 2010

Futuro

As moedas que levo
ponho-as em beijo
nos olhos de Caronte
que conduz meu corpo em barca
em direção às brumas
através das brumas
espelho do nada...

Um comentário:

Thales Capitani disse...

.

Quem me dera ser assim
curto e poético
gostei mesmo

.