5 de setembro de 2008

Obituário

Morreu decepado com a interrogação.

4 comentários:

Cecília Borges disse...

aquela pergunta sem resposta que corrói a gente?
hm. é dose.
um bj, taty!

Narradora disse...

Acho que já morri assim umas cem vezes (tudo bem que eu sou um pouco exagerada..rs)
Bjs

Ana Carolina Florentino disse...

Se resta algo...uma interrogação é porque uma parte viva ainda permanece. As vezes tudo que é mais difícil acontece ao mesmo tempo...e a dor nos mata antes de sabermos o porque de tudo...divagando por divagar não sei exatamente se a sensação d einterrogação é melhor ou pior que o vazio...

Abração !!

Wagner Marques disse...

tragédia hein!!!

.