Catulo

Minha princesa de letras
de densidade de sonho
holograma de ideias

Minha dama de bruma
pairando sobre minhas fantasias
com seus olhos de lua
acaricia as ilusões minhas

Sua carne sinto quando me toco
você geme sobre minha voz
e escorre os limites do meu foco
o universo explode desfazendo nós.

Me enrosco em mim sabendo que te abraço
e durmo um sono embaçado
enquanto você me envolve com palavras de ocaso.

Comentários

Narradora disse…
Uau,
Achei lindo seu texto...
Tem mesmo uma densidade de sonho.
Bjs
Anônimo disse…
ótimo texto, adorei linda...
As oito disse…
sempre lindas as palavras da minha amiga!!!

já consegui colokr seu link no meu blog ;D
Nazan disse…
"Vai-se longe quando não se vê"
disse o sábio centenário

mercenário

e cego.

Postagens mais visitadas deste blog

Cidade de Deus

Circunstancial